• LCPADVOCACIA

Educador físico que criticou colega de profissão nas redes sociais terá de indenizar

REPUTAÇÃO PROFISSIONAL

Para o colegiado, a divulgação na internet de comentários maculando a honra pessoal e profissional da vítima extrapola a liberdade de expressão.


A 5ª turma Cível do TJDFT manteve sentença que condenou um profissional da área de Educação Física por criticar de maneira abusiva a competência de colega da mesma área.Para o colegiado, "a divulgação na internet, para conhecidos e desconhecidos, de imagens e comentários, maculando a honra pessoal e a imagem profissional da vítima em ofensiva publicação, a extrapolar o direito de liberdade de expressão, enseja a reparação por dano moral". Ele terá de indenizá-la em R$ 8 mil.


A autora ajuizou ação indenizatória e narrou que foi contratada por uma cliente para acompanhá-la como personal trainer, em viagem a Miami. A aluna postou no Facebook algumas fotos praticando os exercícios, enquanto era orientada por ela. O colega de profissão compartilhou as fotos, tecendo comentários como: "riscos de ouvir dicas e seguir exemplos de pessoas sem competência", "busque orientação de um professor de Educação Física COMPETENTE", com destaque em caixa alta. Em outro post, chegou a vincular a atividade acompanhada pela colega de profissão à imagem de um animal defecando.


Em contestação, o requerido defendeu a inocorrência do dano moral. Afirmou que apenas exerceu o livre direito de expressão sobre questão técnica.


O juiz da 21ª vara Cível de Brasília julgou procedente o pedido indenizatório. De acordo com o magistrado, "o que não escapa à percepção de ninguém é que o réu avaliou e delineou a autora como profissional incompetente na rede mundial de computadores.


Utilizou-se do potencial de disseminação da informação deste meio sem qualquer pudor, chegou mesmo a vincular a atividade acompanhada pela colega de profissão à imagem de um animal defecando e não pode agora pretender isenção de qualquer responsabilidade sob o argumento da liberdade de expressão".



Fonte: Migalhas.com.br

Veja o conteúdo completo em:

http://www.migalhas.com.br/Quentes/17,MI274057,31047-Educador+fisico+que+criticou+colega+de+profissao+nas+redes+sociais

Av. das Américas, n. 19.005, Torre 1, Sala 326   

CEP 22790-703, Recreio dos Bandeirantes

Rio de Janeiro - RJ

+55 (21) 97029-9249

Siga-nos nas redes sociais

NEWSLETTER

© 2017 Luiz Carlos Pinheiro - Consultoria e Assessoria Jurídica